Ato de protesto reúne trabalhadores em educação de todo o Estado



Greve da Educação do Estado

Os trabalhadores em educação deram uma resposta às declarações da governadora de que a greve estava fragilizada. Na manhã de hoje, o Sinte-RN organizou um grande ato em defesa da educação pública. O primeiro momento do protesto foi no pátio do Ginásio Machadinho.

De lá, os manifestantes seguiram em passeata pela marginal da BR 101, até a Governadoria. Além da direção do Sinte-RN, Centrais Sindicais, representantes de outros Sindicatos, dos estudantes, o vereador George Câmara, o deputado Fernando Mineiro e um representante da deputada Fátima Bezerra, fizeram pronunciamentos de apoio.

Do Machadinho, os manifestantes seguiram em passeata pela marginal da BR 101, até a Governadoria. Estudantes, Educadores e Funcionários caminharam juntos e em tom de seriedade, cobraram negociação. A multidão falava palavras de ordens, destacando principalmente que a educação não é moeda de negócio. Os estudantes num gesto de cumplicidade gritavam: "O professor é meu amigo, mexeu com ele mexeu comigo".
A atividade teve caráter estadual. Todas as regionais e a maioria dos núcleos municipais do Sindicato enviaram caravanas com profissionais da educação e alunos. O coordenador geral do Sinte-RN, professor Rômulo Arnaud destacou a presença massiva das caravanas vindas de Mossoró e Região. “A categoria está respondendo com luta à decepção com esse governo”, avaliou.

Os manifestantes enfrentaram um sol escaldante na expectativa de conseguir uma audiência com a Governadora, mas nem ela, nem nenhum representante do Governo se dispuseram a dialogar com as lideranças dos trabalhadores.

Para a coordenadora geral do Sinte-RN, Fátima Cardoso, a ausência de resposta da Governadora é uma afronta à luta da categoria e ao clamor da sociedade em defesa da educação. “O Governo sabia que iríamos até lá. Ao invés de nos receber, deu o sinal de que está virando as costas para a educação. Todos fugiram para não enfrentarem os estudantes e profissionais da Educação”, denunciou Fátima.
No final, a direção do Sindicato conseguiu agendar uma audiência com o Chefe do Gabinete Civil, Paulo de Tarso. O encontro será realizado amanhã, às 10h, na Governadoria. A atividade foi encerrada com uma feijoada no pátio do Machadinho.

Fonte: Sinte/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário